Termo Sobre Dados e Ciberseguranca

Você Precisa de Gestão de Redes Sociais

Você precisa de gestão de redes sociais

Realmente, a gente não esqueceu do ponto de interrogação não. Você precisa de gestão de redes sociais e isso é uma afirmação. Antes de mais nada, é preciso entender que hoje em dia um marketing digital completo não se faz sem a presença de boas redes sociais. Afinal, toda empresa precisa estar nos espaços que o seu público está e, atualmente, esses espaços são as redes sociais. 

Qual a diferença das redes sociais para outras formas de marketing?

Em primeiro lugar, a rede social é um espaço onde as pessoas se relacionam, conversam e compartilham temas diversos. É possível dizer que é um espaço que muitos usam para lazer, para consumir um conteúdo que entretenha

Por isso, na rede social sua linguagem deve ser diferente de acordo com o seu público, claro, mas buscando obter mais que um cliente, e sim um , afinal, é praticamente isso que os seguidores são. 

Na rede social o diálogo é um ponto chave, por isso, engajar seu público com stories, publicações interativas – entre outras estratégias – é importante e agrega valor à sua presença digital

Nesse sentido. essa presença pode ser dividida em duas áreas: as postagens que você usa para se manter com uma página bonita, interessante e que exale confiança, e as postagens que te levem para a venda. Essas duas áreas são: postagens orgânicas e postagens impulsionadas

Postagens orgânicas: importância do feed

Postagem orgânica provavelmente é a que você já conhece e até faz sem querer. É postar na rede social sem pagamentos, de maneira que seu post apareça por certo tempo para os seus seguidores.

Essas postagens formam o seu feed, que é a tela inicial da sua rede social, a sua página. As postagens vão ficando lá, formando uma espécie de vitrine virtual dos seus valores, marca e claro, dos seus produtos/serviços.

O feed é importante porque traz confiabilidade para a marca. Ver que uma empresa posta pelo menos 1 post por semana é algo que mostra aos potenciais clientes que ela está cuidando de seu negócio. Podem ser feitos até 3 posts por semana, em um trabalho que é co-criativo da agência com o cliente. A gente te escuta e vai fazendo a estratégia das suas redes sociais junto com você. 

Essas postagens geram engajamento através de curtidas, compartilhamentos e comentários. Isso é ótimo para o seu negócio. 

Porém, as redes sociais cada vez mais reduzem o alcance das postagens orgânicas, fazendo com que, mesmo dentro de seus seguidores, ela não tenha um alcance incrível. Aí que entram as postagens impulsionadas. 

Postagens impulsionadas: hora de converter

Postagens impulsionadas também são conhecidas como postagens patrocinadas. Nelas, você decide o quanto quer gastar para manter um post circulando para o seu público alvo. Tudo isso pode ser decidido e configurado em ferramentas de ‘ads’ (anúncios) que as redes sociais disponibilizam.

Mas muitas vezes os posts patrocinados não entram no feed tradicionalmente. Eles servem para buscar leads. Trabalhar com post impulsionado é buscar vendas. 

Outros objetivos podem ser: 

  • Acessos/tráfego no Site
  • Venda no site
  • Remarketing: voltem a ver o site
  • Engajamento nas redes sociais

Cada um tem seu uso e o importante é entender o que você precisa para o momento da sua empresa. 

Então, é interessante mencionar que esses dois tipos de posts andam de mão dadas. Claro que o cliente pode optar por só impulsionar posts, ou só por alimentar organicamente o feed e isso pode ser o suficiente dependendo da intenção. Mas é sempre bom analisar a situação para saber a melhor linha de ação. 

Como eu começo a moldar minhas redes sociais?

A gestão de todos esses pontos abordados por aqui é algo que pode gerar várias dúvidas. Mas relaxe, estamos aqui para te ajudar. Por isso mesmo que o nosso próximo blog-post vai trazer mais informações sobre um tópico importantíssimo: o quanto gastar com posts impulsionados. 

Por isso, fique de olho!


Contatos: (19) 3849-4812​ | (19) 99166-6732 | semeia@semeiapropaganda.com.br

Leia mais:
O que é e para que serve o Business Intelligence?
O que é Branding? Entenda como Criar uma Marca Memorável
Cinco dicas para investir no marketing digital

E aí, Gostou?
Compartilhe esse conteúdo!