Termo Sobre Dados e Ciberseguranca

“Marketing Industrial? Tem isso agora? Oxe”

blog-semeia-marketing-industrial

A indústria que tinha o melhor maquinário, a melhor tecnologia e os profissionais mais qualificados perdeu a maior venda do ano para o concorrente.

Como isso aconteceu? Bom, é mais simples do que você imagina. Vamos falar sobre Marketing Industrial e o quanto a sua ausência pode causar desastres como esse aí. Vem:

“Marketing Industrial? Tem isso agora? Oxe.” Calma: não é bicho de sete cabeças. É bem simples, na verdade, ó: o Marketing Industrial preocupa-se em interligar duas empresas dentro do universo da indústria: o vendedor e o comprador – é o tal do B2B, bussiness to bussiness.

É por meio dessa ferramenta que você vai divulgar suas soluções para outras empresas, destacar-se e, acima de tudo, mostrar confiabilidade.

“Mas dá pra fazer isso sozinho!”. Hm…talvez não. Vamos lá:

Se você trabalha no setor industrial, sabe: a jornada do comprador técnico é longa. Boa parte dos compradores B2B navegam muito até fecharem sua compra, buscando sempre novas soluções, novos contatos e novas plataformas que sirvam aos seus propósitos.

O Google, por causa disso, é o melhor amigo da indústria moderna, que quer expandir e conquistar mais oportunidades de negócio. Se você está mal ranqueado no Google, cara…vai perder pra concorrência.

Em segundo lugar: neste reino, vence a batalha quem melhor engajar seus compradores. Isso é o que chamamos de Marketing de Conteúdo e sua missão é basicamente gerar conteúdo de qualidade, informativo e bem fundamentado, que manterá os interessados por perto e lhe renderá uma boa porção de credibilidade.

Por que se preocupar tanto com isso? Bom, engajar significa aproximar possíveis compradores – o que, por sua vez, facilita a vida do setor de vendas. Toda ajuda é muito bem-vinda, certo?

É bom lembrar que a estratégia de marketing do B2B é diferente de outros modelos de venda e não é qualquer zé mané que entende o que fazer para garantir bons resultados, tá?

A comunicação de empresa para empresa é mais direta, voltada para o desempenho e resultados ao invés da experiência de consumo.

Investir em uma agência experiente no setor significa diálogo facilitado!

E aí, Gostou?
Compartilhe esse conteúdo!

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp